OLHAR CINÉFILO

setembro 23rd, 2019

Olhar Cinéfilo — O Homem Elefante

More articles by »
Written by: Flávio Junio
Tags:,

Um filme, para criar um marco em nós, deve nos emocionar, nos fazer pensar, nos jogar para fora da sala de cinema com sensações que durem por muito tempo, mesmo quando tempos depois, guardada em nossa memória afetiva, a lembrança de tê-lo assistido venha à tona.

O Homem Elefante, de David Lynch, tem essa capacidade. O filme conta a história real de John Merrick, um homem desfigurado por uma doença que era a atração principal de um freak-show. Para surpresa do médico que o resgata, John era um homem culto, e desejava ser incluído na sociedade como qualquer homem.

Cinemascope-O-homem-elefante2A sociedade tem essa capacidade cruel de rejeitar tudo o que lhe parece estranho e até mesmo transformar, como retrata o filme, em uma atração bizarra, aproveitando-se do desejo mórbido de muitos pelo que é fora da normalidade.

John Hurt dá um show no papel principal e toda a parte técnica é excelente. A direção de Lynch é irrepreensível, naquele que é, na minha opinião, seu ponto mais alto no cinema. Foi merecidamente indicado a 8 estatuetas do Oscar e 4 Globos de ouro (mas injustamente, não venceu em nenhuma categoria) além de ter vencido 3 Baftas (filme, ator e direção de arte).

Bruno Falcão é engenheiro de produção e criador/editor da fan page CineArts, dedicada à sétima arte

CineArts: https://www.facebook.com/pages/CineArts/228361367257036





0 Comments


Be the first to comment!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *