Em Destaque

setembro 20th, 2017

Oscar 2016 — Os Vencedores

More articles by »
Written by: Flávio Junio
Tags:,
images (1)

 

Um misto de surpresa, alfinetadas e consagrações. A cerimônia de entrega do Oscar , ocorrida neste domingo, foi, digamos,democrática e controversa. A começar por chris Rock como mestre de cerimonias, que aproveitou para cutucar a Academia pela frequente não indicação de atores negros nas categorias principais, expondo seu ponto de vista — hora de forma inspirada: "Em 1962 ou 1963 os negros não protestaram. Por quê? Porque nós tínhamos coisas mais importantes para protestar aquela época. Nós tínhamos coisas reais para protestar, estávamos muito ocupados sendo estuprados e linchados para nos importar sobre quem era o melhor cinematografista" — hora através de piadas infames e inopoturnas como sobre o trabalho infantil. Dentre os melhores momentos da noite, a vitória de Leonardo DiCaprio por O Regresso repercutiu pela mídia social. O ator , que havia sido indicado outras cinco vezes sem sucesso, ganhou todos os prêmios que serviam de termômetro para o cobiçado Oscar.

Vencedores

Spotligth — Segredos Revelados entra para o time de produções vencedoras na categoria Melhor Filme que menos estatuetas angariaram. O longa de Tom McCarthy saiu com dois troféus nas mãos, filme e roteiro original. A superprodução O Regresso, líder em número de nomeações, 12 , ficou com os prêmios de direção (com Alejandro G. Iñarritu vencendo pela segunda vez consecutiva), ator (DiCaprio) e fotografia (Emmanuel Lubezki) conquistando o tricampeonato. Já o badalado Mad Max: Estrada da Fúria quase monopolizou os prêmios técnicos, consagrando-se em seis segmentos, entre eles: “Melhor Figurino”, “Melhor Cabelo e Maquiagem” e “Melhor Montagem”. As jovens — e até então desconhecidas, Brie Larson e Alica Vikander confirmaram o favoritismo e levaram a melhor como Melhor Atriz e coadjuvante por O Quarto de Jack e A Garota Dinarmaquesa, respectivamente. Dentre as decepções: Sylvester Stallone por Creed foi superado pelo veterano Mark Rylance,de Ponte dos Espiões. Mesmo que Rylance estivesse bem cotado na bolsa de apostas, havia uma torcida para ver o intérprete de Rocky Balboa no palco fazendo seu discurso de agradecimento. O outro dissabor foi na categoria melhor canção. A sofrível “Writing’s On The Wall” , de “007 Contra Spectre”, bateu “Til It Happens To You”, do documentário "The Hunting Ground”–interpretada por Lady Gaga e composta por ela em parceria com Diane Warren.

Confira a lista de vencedores da 88ª edição do Oscar:

Melhor filme
“A grande aposta”
“Ponte dos espiões”
“Brooklyn”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“O quarto de Jack”
“Spotlight: Segredos revelados”

Melhor ator
Bryan Cranston (“Trumbo”)
Matt Damon (“Perdido em Marte”)
Leonardo DiCaprio (“O regresso”)
Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
Eddie Redmayne (“A garota dinamarquesa”)

Melhor atriz
Cate Blanchett (“Carol”)
Brie Larson (“O quarto de Jack”)
Jennifer Lawrence (“Joy”)
Charlotte Rampling (“45 anos”)
Saoirse Ronan (“Brooklyn”)

Melhor diretor
Alejandro G. Iñárritu (“O regresso”)
Tom McCarthy (“Spotlight: Segredos revelados”)
George Miller (“Mad Max: Estrada da fúria”)
Adam McKay (“A grande aposta”)
Lenny Abrahamson (“O quarto de Jack”)

Melhor canção original
“Earned it”, The Weeknd (“Cinquenta tons de cinza”)
“Manta Ray”, J. Ralph & Antony (“Racing extinction”)
“Simple song #3”, Sumi Jo e Viktoria Mullova (“Youth”)
“Writing’s on the wall”, Sam Smith (“007 contra Spectre”)
“Til it happens to you”, Lady Gaga (“The hunting ground”)

Melhor trilha sonora
“Ponte dos espiões”
“Carol”
“Os 8 odiados”
“Sicario”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor filme estrangeiro
“O abraço da serpente” (Colômbia)
“Cinco graças” (França)
“O filho de Saul” (Hungria)
“O lobo do deserto” (Jordânia)
“Guerra” (Dinamarca)

Melhor curta de live action
“Ave Maria”
“Day one”
“Everything will be okay (Alles Wird Gut)”
“Shok”
“Stutterer”

Melhor documentário
“Amy”
“Cartel Land”
“The look of silence”
“What happened, Miss Simone?”
“Winter on fire: Ukraine’s Fight for Freedom”

Melhor documentário de curta-metragem
“Body team 12”
“Chau, beyond the lines”
“Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah”
“A Girl in the River: The Price of forgiveness”
“Last day of freedom”

Melhor ator coadjuvante
Christian Bale (“A grande aposta”)
Tom Hardy (“O regresso”)
Mark Ruffalo (“Spotlight: Segredos revelados”)
Mark Rylance (“Ponte dos espiões”)
Sylvester Stallone (“Creed”)

Melhor animação
“Anomalisa”
“O menino e o mundo”
“Divertida mente”
“Shaun, o carneiro”
“As memórias de Marnie”

Melhor curta de animação
“Bear Story”

“Prologue”
“Sanjay’s Super Team”
“We can’t live without Cosmos”
“World of tomorrow”

Melhores efeitos visuais
“Ex Machina”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor mixagem de som
“Ponte dos espiões”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor edição de som
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Sicario”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor montagem
“A grande aposta”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“O regresso”
“Spotlight: Segredos revelados”
“Star Wars: O despertar da força”

Melhor fotografia
“Carol”
“Os oito odiados”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“O regresso”
“Sicario”

Melhor cabelo e maquiagem
“Mad Max: Estrada da fúria”
“The 100-year-old man who climbed out the window and disappeared”
“O regresso”

Melhor design de produção
“Ponte dos espiões”
“A garota dinamarquesa”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“Perdido em Marte”
“O regresso”

Melhor figurino
“Carol”
“Cinderela”
“A garota dinamarquesa”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“O regresso”

Melhor atriz coadjuvante
Jennifer Jason Leigh (“Os 8 odiados”)
Rooney Mara (“Carol”)
Rachel McAdams (“Spotlight: Segredos revelados”)
Alicia Vikander (“A garota dinamarquesa”)
Kate Winslet (“Steve Jobs”)

Melhor roteiro adaptado
“A grande aposta”
“Brooklyn”
“Carol”
“Perdido em Marte”
“O quarto de Jack”

Melhor roteiro original
“Ponte dos espiões”
“Ex Machina”
“Divertida mente”
“Spotlight – Segredos revelados”
“Straight Outta Compton”

 


About the Author

Flávio Junio
Flávio Junio é bacharel em Teologia, professor e profissional da Secretaria de Educação de Minas Gerais. Ex-aluno do curso Teologia, Crítica e Linguagem Cinematográfica, ministrado pelo crítico de cinema Pablo Villaça, há doze anos integra o coral gospel Kerygma da Igreja Batista da Lagoinha.




0 Comments


Be the first to comment!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *